• Maria Amélia

Série Lua nos signos - Capricórnio


Mais um post da nossa série que está chegando à sua reta final. Dessa vez falaremos um pouco mais sobre a lua no signo de Capricórnio e como ela nos afeta direta (pela nossa lua natal) ou indiretamente (pela lua no céu atualmente). Mesmo que essa não seja sua lua Natal, é interessante acompanhar essa série de posts para entender como a lua pode te afetar quando está passando por cada signo, o que acontece uma vez por mês. Se esse é o primeiro post que você vê, recomendo ler os outros dessa série também. Lembrando que deixarei sempre a mesma introdução (parágrafo abaixo) para que vocês entendam a influência geral da lua no nosso mapa.

A posição da Lua no nosso mapa representa nossas emoções e a maneira como reagimos emocionalmente a situações e pessoas. É tudo o que é automático e inconsciente. Não conseguimos controlar totalmente nossa Lua, já que nossas reações emocionais vêm de uma parte do cérebro que não conseguimos acessar. Porém, ao entendermos melhor como a nossa Lua funciona, conseguimos prever e talvez evitar situações que nos trariam maiores problemas ou questões que não gostaríamos de enfrentar. A Lua vai fechar a tríade da nossa personalidade, então ela pode “colar” a junção do nosso Sol e do nosso Ascendente muito bem ou, pelo contrário, repelir os dois e criar muitos conflitos internos. Aqui, mais do que nunca, o autoconhecimento será muito importante e ajudará a superar essas diferenças da melhor maneira possível. Mas estar ciente delas, sem dúvida, é o primeiro passo. Depois da posição da Lua em todos os signos, em outros posts falarei também do Sol e do Ascendente para que vocês possam fazer a ligação entre esses 3 pontos e entender melhor como funciona sua personalidade.

Quem nasceu com a Lua em Capricórnio pode ser alguém mais reservado emocionalmente. Isso porque aqui a Lua encontra-se em seu “exílio”, ou seja, no lugar mais longe de casa, que é Câncer. Assim, as emoções parecem presas, o que faz com que os nativos com essa Lua sejam mais frios e práticos, reservados e cautelosos. Podem levar a vida a sério demais, racionalizando as emoções, pois acreditam que elas não são tão importantes, o que vale mesmo é trabalhar e conquistar o que se deseja, sem perder tempo com o que consideram “questões secundárias”. Podem ser inseguros e terem dificuldade em enxergar seu valor, por isso tentam prová-lo através de seu trabalho. Devem aprender a expressar mais seus sentimentos e a perderem um pouco de sua rigidez, que pode acabar afastando as pessoas ao seu redor.

Quando a lua está em Capricórnio no céu, o que acontece uma vez por mês, podemos absorver um pouco de todas suas qualidades. É o momento perfeito de usar a praticidade e o foco a nosso favor, sem deixar que as emoções interfiram demais. Para quem é mais emocional, pode ser favorável para não ser tão afetado pelas próprias emoções, podendo pensar com mais clareza. Por outro lado, ao contrário do que parece, quem tem essa lua natal pode se sentir mais sensível do que o normal, mesmo sendo uma lua mais prática e racional por natureza. De qualquer modo, quando a lua está em Capricórnio, todos os assuntos envolvendo as emoções encontram-se menos favorecidos. O ideal é aproveitar para coisas mais concretas, dedicando-se ao trabalho prático e responsável. Cuidado apenas para não se esconder demais atrás de uma máscara de aparente força e rigidez.

Para quem tem lua em Câncer, Libra e Áries, essa lua faz aspectos desafiadores (oposição e quadratura), o que pode representar dias mais instáveis para esses nativos. Lembrando que cada lua fica em média 2 dias e meio em cada signo, então é uma fase curta. Para os nativos de lua em Virgem, Touro, Escorpião e Peixes, pode ser uma lua mais fluida, já que ela faz bons aspectos (trígono e sextil) com essas luas, deixando-os mais alegres e otimistas, em geral, ou reforçando ainda mais os pontos que essa lua traz. Para os outros signos, não faz nenhum aspecto importante, tendendo a ser neutra, a não ser que haja algum outro aspecto no mapa natal indicando outra tendência. Por isso eu recomendo sempre o "caderninho da lua" para anotar suas sensações a cada lua e entender o que elas trazem especificamente a você. É um exercício e tanto de autoconhecimento, vale muito a pena!

O próximo post será sobre a lua em Aquário! Estamos chegando ao fim da série e espero que esteja acrescendo em algo para vocês. Se quiser, pode deixar seu comentário no post abaixo.


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo